Notícias

Comece 2019 no azul: planejamento ajuda a quitar contas de janeiro e a aliviar sufoco

| Notícias

V211-social media

Festas de final de ano, férias, presentes. Nem mesmo o dinheirinho extra de dezembro, como o 13º, é capaz de bancar esse conjunto de despesas se não houver um bom planejamento. Para evitar que a festança se transforme em dívidas em janeiro, é preciso organização e sabedoria para estruturar o orçamento e começar 2019 com as contas em dia. Mas é bom preparar o bolso para despesas como IPVA, IPTU, além de matrícula e material escolar.

O economista Márcio Salvato destaca que é preciso ter em mente que, apesar da receita extra gerada pelo 13º e, em alguns casos, pelas férias, o início do ano também vem recheado de despesas e podem acabar em endividamento. “É essencial fazer o provisionamento para as contas de janeiro, como material escolar, IPTU e IPVA”, afirma.

O consultor financeiro Guilherme de Almeida Prado, mestre em Administração de Empresas pela FGV, afirma que é necessário romper velhos hábitos e desenvolver a cultura da economia. “Toda mudança financeira exige novos hábitos e uma dedicação maior, no início do processo, para que seja incorporada de forma natural na família. Para isso, acredito que é preciso criar recompensas, envolvendo todos os membros, inclusive as crianças. Na economia no final de ano, o ganho será entrar janeiro sem sufoco de ter que deixar de pagar as contas”, afirma o consultor, acrescentando que, para os filhos, a recompensa pode vir com a compra de um item diferente para o material escolar, por exemplo.

Fonte: Hoje em dia

2019 - informe de rendimentos - mkt-03

Declaração de Informe de Rendimentos do Exercício 2018

O Informe de Rendimentos do exercício 2018 dos assistidos, com as informações referentes ao plano de benefício, empréstimo e despesas médicas e odontológicas (discriminadas por dependente, se houver) descontadas no contracheque, já está disponível na área de Autoatendimento do site, basta acessar com o seu CPF e senha e...

+ LEIA MAIS