Notícias

Vantagens de comprar produtos “fora de época”

| Notícias, Publicações

filled-miniature-cart-with-paper-shopping-bags-front-pink-background_23-2147892202

 

Existem ocasiões já conhecidas em que um produto está “em alta” ou fora de época, assim como é comum em frutas e outro alimentos. Mas ao contrário deles, em que os mais baratos são os alimentos comuns da época, alguns itens se tornam mais vantajosos quando menos se precisa deles.

Os produtos sazonais

Existem itens comuns do nosso dia a dia que são procurados em determinada estação do ano. É o caso de aparelhos de ar-condicionado e ventiladores, muito vendidos no verão. Por causa disso, seus preços são mais altos e a grande procura atrapalha a obter o item desejado. Assim, se souber com antecedência que precisa de um deles para aguentar o verão, opte por comprar durante o inverno para economizar sem disputar com outros consumidores.

Vestuário e moda

Não é mistério que as lojas constantemente renovam as araras e correm para tirar do estoque as roupas ultrapassadas. Mas, além da própria troca de coleção, é ainda mais vantajoso comprar roupas de estações passadas. Se adiantar e comprar os casacos e cachecóis dentre as sobras durante a primavera ou verão sai muito mais barato do que se esperar esfriar, o mesmo vale para regatas e roupas de banho no inverno.

As datas comemorativas

Experimente comprar decoração natalina em janeiro e já estar pronto pro natal seguinte sem gastar a mesma fortuna. Outras datas, não necessariamente comemorativas, também influenciam o mercado. É o caso das compras escolares, que se puderem ser antecipadas evitam a correria de início de ano e ainda podem diluir a despesa ao longo dos meses.

 

Fonte: Finanças Forever

banner_relatorioanual-04

Consulte o Relatório Anual da Fusesc

Os Relatórios Anuais de Informações das atividades relativas ao exercício de 2018 dos Planos de Benefícios I, Multifuturo I e Multifuturo II estão disponíveis no site da Fusesc. O documento traz informações como as Demonstrações Contábeis e pareceres atuariais, de auditorias e dos Conselhos Fiscal e Deliberativo. Clique aqui e...

+ LEIA MAIS